A vida na Índia sob o olhar de uma brasileira.

quarta-feira, 11 de julho de 2012

Despedida da Índia: Adeus ou até logo?

Namaste, pessoal!

Faltam apenas alguns dias pra voltarmos ao Brasil. Por isso os pensamentos já estão mais lá do que aqui. Vamos passar um período de férias juntos e depois o André voltará para a Índia, enquanto eu ficarei no Brasil pra concluir o meu curso de pedagogia na USP. Se tudo der certo, volto de mala, cuia e diploma na mão pra Índia no início do ano que vem.

Mas e se o projeto na Índia não der certo? E se eu nunca mais voltar pra cá?
Bem, se essa fase terminar tenho apenas que ser grata pela grande oportunidade que tive. Morar esse tempo na Índia foi uma experiência única, que nos modificou e passou a ser parte do que somos; por isso estará sempre conosco de alguma forma.

Mas o Minha Vida na Índia vai acabar? E, mesmo que eu volte, o blog vai ficar inativo por cinco meses?
Eu dei à luz este blog e sinto-me responsável por ele e por seus poucos leitores. Foi pensando no destino desta cria virtual que surgiu uma ideia: Tal como com qualquer filho, devo passar a levá-lo pela mão por onde quer que eu vá. Pode se transformar no meu diário de viagens, ou simplesmente de experiências e reflexões cotidianas. Por definição, um blog, ou seja, um diário virtual - exatamente o que essa criatura é e não vai deixar de ser.


Bem, e pra marcar esse momento de transição, decidi fazer um post (ou uma série de posts) apresentando uma retrospectiva dos quase seis meses que passei aqui na Índia.

Aguardem!

2 comentários:

  1. Você vai voltar (ou tá voltando, já voltou!!) Uau!!

    Então falta só um semetre pra você terminar?! Um semestre, que beleza!! Eu nem sei quanto me falta... Mais de um ano, com certeza. Já não posso mais voltar, precisaria fazer Fuvest outra vez. Tenho uma certa frustração de não ter terminado... mas preciso colocar na cabeça que não, eu nunca vou ter esse diploma!!

    Mas você volta pra India, eebaa!! (reparou no duplo sendido de "voltar"?! Isso não acontece em francês, que tem um verbo especial para "voltar pra casa": "rentrer" e um voltar genérico, "revenir". Então "tu rentres au Brésil" e depois "tu reviens en Inde").

    Porque você sabe, né, eu estou sempre planejando quando é que vou te visitar... Porque preciso conhecer pelo menos um pouquinho da India LOGO! Ainda tenho 3 anos do doutorado "presa" aqui na França. Então vai ser quando você voltar!

    Sobre o blog: também sinto uma responsabilidade pelo meu, talvez por isso ainda não apaguei, mesmo não sentido a mínima vontade de voltar a escrever lá. Quem sabe alguma outra reviravolta dá vontade outra vez?! ;)

    Boa viagem de volta!!

    Bjss!!

    ResponderExcluir
  2. Em último caso, se quiser mesmo o diploma, lembre-se da sua máxima: FUVEST tem todo ano! hehe

    Ah, com todas essas idas e vindas os dois verbos fazem falta pra mim na língua portuguesa. Já nem sei mais o que é ida e o que é volta hehe
    Sim, agora tenho mais uma razão pra querer "revenir": receber sua visita. A gente fica meio carente morando fora...

    Sim, deixe o blog lá e escreva quando vier a inspiração.

    Boa sorte com tudo! Obrigada pela visita.
    Mari

    ResponderExcluir