A vida na Índia sob o olhar de uma brasileira.

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Namaste, amigos! O carnaval acabou e estou feliz porque o máximo que vi a respeito foram algumas notícias na internet. Dado importante sobre a Índia: aqui não tem carnaval! hehe

Bem, ultimamente tenho destacado as diferenças da cultura indiana em comparação à nossa, mas acho interessante falar também sobre as coisas familiares que encontramos aqui, para dar uma visão mais fiel do conjunto. Por exemplo, todos os dias pela manhã para fazer nosso desjejum, escolhemos entre uma variedade de cereais Kellogg's, acompanhado de leite Nestlé, sucos e frutas frescas. Uso sabonete Dove e lavo meus cabelos com xampu e condicionador Garnier Fructis. Cozinho arroz, frango, legumes, etc. Às vezes aos domingos assistimos a canais como Discovery e HBO, e se estivermos a fim de um aperitivo, temos pipoca, batata Lays, refrigerantes e chocolate (Snickers, Ferrero Rocher, Twix...). Se precisar de roupas ou calçados, há algumas lojas como Levi's e Adidas. E tudo isso aí mais barato que no Brasil.
Sim, todo esse parágrafo basicamente pra mostrar que os efeitos da globalização chegaram aqui na Índia!

Apesar disso, a riqueza desta cultura milenar não deixa faltar alimento para nossos espíritos curiosos, meus caros. E é por isso que vou tentar nutri-los com um pouco do que aconteceu nos últimos dias.

Na semana passada eu estava trabalhando no depósito de amostras na empresa quando me apareceu uma aranha entre as caixas. Fiquei sem saber como agir. Olhei para a Smita, nossa colega indiana e única pessoa que estava lá comigo. Perguntei se eles matavam as aranhas. Ela respondeu que não, como se a ideia fosse um tanto absurda, e acrescentou que nem sequer as cobras eles matam! Disse que se uma aparece em seu caminho, começam a orar, pedindo que se desvie. Comentou também que algumas pessoas chegam a colocar um pequeno recipiente com leite do lado de fora de suas casas para que as cobras venham beber (!!!)
Independentemente desse episódio, eu já estava começando a ficar bem preocupada com a quantidade de insetos em geral que iriam aparecer durante o verão, mas nos disseram que as temperaturas são tão altas que nem os bichos aparecem. Boa ou má notícia?!

Vamos esperar para ver. Por enquanto, a vida continua, e já estava na hora de nós debutarmos no turismo em Agra... Não se empolguem. Nada de Taj Mahal por enquanto. Começamos devagar conhecendo um ponto turístico em uma região bem próxima daqui chamada Sikandra. O monumento nada mais é do que um complexo que abriga a tumba de um antigo imperador - Akbar the Great. De acordo com a nossa útil Wikipedia, o próprio imperador começou a construção no ano de 1600. Ficou um pouco difícil obter informações no local, já que todos os escritos estavam em Hindi, com exceção dos preços e avisos pra não pisar no gramado. De qualquer forma, não faltou a foto:



Se é que tem alguém lendo o blog que não sejam meus parentes e amigos, esta sou eu, que esqueci de tirar uma foto do monumento :)


O público era uma mistura de indianos e turistas de todas as partes do mundo. Engraçado que os indianos nos olhavam bastante e um grupo de rapazes até pediu pra tirar uma foto com a gente.
Enfim, gostamos do passeio e pretendemos voltar mais vezes, já que a grande área ao redor acaba sendo agradável para uma caminhada e pra descansar os olhos da loucura das ruas.



E pra finalizar a postagem de hoje com um gostinho especial da Índia, apresento-lhes o rasgulla, mais um docinho trazido pelo nosso amigo Zafar Ali.

Sim, meus amigos... eu mais uma vez não recuei diante da ameaça. Meu comprometimento com o blog é tanto que encarei mais essa. E adivinhem, depois de experimentar comi mais dois porque acabei até gostando do petisco. Esse sim era bem doce, com uma massa branca leve açucarada e frita. Recorrendo mais uma vez à Wikipedia, vejo que é feito com uma espécie de queijo cottage e massa de semolina, mas não posso garantir que foi essa a receita usada pela esposa do Ali.

Aguardem por uma nova postagem em breve, tenho muito o que contar ainda!


2 comentários:

  1. Oi Mari!!
    Estou adorando os posts!!
    Aproveita bastante esse país.
    Vejo que vai ter muita história ainda pra contar!
    hehehe
    Estou com saudades já!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana! Tem sido recompensador saber que bastante gente tem acompanhado e curtido o blog. Assim como estou escrevendo sobre minhas impressões, quero saber também que impressões vocês têm tido.
      Sim! Tenho muita coisa pra contar. Só não ponho tudo de uma vez porque senão vcs não vão dar conta de ler rs
      Beijos!

      Excluir