A vida na Índia sob o olhar de uma brasileira.

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Oi pessoal. Os comentários que tenho recebido me encorajaram e deixaram super animada pra continuar o blog. Nossa, tem tantos assuntos que eu quero abordar aqui! Mas vou tentar ir com calma e manter postagens curtas e mais dinâmicas, isso porque quero facilitar pra que possam continuar acompanhando.
Por enquanto, agradeço a todos e espero retribuir com textos bem interessantes.
Bom, o assunto dos animais ainda vai render material pra muitas páginas, mas esta semana pede que falemos de casamento.
Ficamos sabendo que a maioria dos casamentos indianos se concentra nos meses de janeiro e fevereiro. E acabamos confirmando isso porque com bastante frequência vemos um quando estamos passando na rua. (Sim, na rua. Com banda, endumentárias, cavalo e tudo mais.) Além de que recebemos dois convites pra mesma data. Aliás, super bonitos:



Um deles recebemos de um rapaz que é funcionário novo aqui na empresa. O casamento é do irmão dele. Achamos um pouco estranho, afinal nem conhecemos o noivo, mas aparentemente aqui é normal. As festas de casamento são grandes celebrações e duram alguns dias. Por isso nosso colega pediu para se ausentar do trabalho por sete dias (?!). Imaginem quando ele mesmo for se casar!

Já o outro noivo trabalha em uma das fábricas com que fazemos negócios. Este sim é conhecido do pessoal aqui e por isso optaram por ir ao casamento dele. Eu que geralmente não sou animada pra festas, fiquei curiosa pra ver como tudo acontece. Pensei até em entrar no clima e vestir um "saree", mas aqui tá frio... vou ver se tem um de inverno.
A tradição do presente é bem parecida com a do Brasil. O pessoal do escritório pensou em dar um forno de microondas, mas há um pequeno empecilho: a vila onde o casal mora não tem energia elétrica. Ao que parece muitas pessoas ainda vivem assim aqui, e sem falar em saneamento básico. Mas isso também vai ser assunto pra outros dias.
Por enquanto conseguimos ver que casamento arranjado ainda é super comum por aqui, e ficamos sabendo que os noivos somente vão morar juntos três meses após a cerimônia. Vamos ver o que mais a gente descobre...
Até a casamento!
शुक्रिया ou Sukriyá = Obrigada! :)

4 comentários:

  1. ahaha não da pra tentar ser cerimonialista na India né flor, já pensou fazer um casamento de 7 dias???? bahhh mto trabalho...kkkk

    bjo Má

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Trabalho e $$ :)
      Ei, Cinderela, ainda está atualizando o blog?

      Excluir
  2. Mari,

    muito legal a ideia do blog, também estarei acompanhando.

    Um abração para vocês.

    Glaiton

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Glaiton. Muito bom saber que vai estar seguindo. O André disse que quer tentar falar com vc no Skype.

      Excluir